+55 51 99995 2785



Esteira transportadora de paletes: vantagens e como é utilizada

Esteira transportadora de paletes: vantagens e como é utilizada

haasmadeiras - 22 de novembro de 2019

Esteira transportadora de paletes: vantagens e como é utilizada

Para manter um estoque organizado, é preciso utilizar equipamentos que facilitem a operação de logística e otimizem espaço.

É comum que indústrias e centros de armazenamentos, por exemplo, tenham uma alta movimentação de produtos e pessoas em determinados turnos.

E quem trabalha nesta área sabe que os paletes de madeira são essenciais para que a movimentação da carga seja eficiente, segura e rápida. 

Para te ajudar na organização do estoque, entra em “cena” a esteira transportadora de paletes. Ela é projetada para que sua empresa possa sustentar peso e tráfego constante de mercadorias.

Quer saber mais sobre como a esteira transportadora de paletes pode te ajudar? Leia até o final!

Quais as principais vantagens do uso da esteira transportadora de paletes?

Elas são elaboradas para serem resistentes e movimentar produtos de variados tipos, como garrafas, sacos ou caixas. 

Estes equipamentos são fundamentais para que o processo seja prático e o fluxo seja constante. 

A esteira ainda é capaz de operar em diversas variáveis de temperatura e em locais onde há muita poeira.

Esta máquina ainda oferece aumento de produtividade, já que traz celeridade aos deslocamentos dos paletes carregados, reduz o espaço ocupado em solo e minimiza o deslocamento de cargas. 

A transferência dos paletes de madeira é tranquila e com partidas e paradas suaves, o que oferece mais segurança nas movimentações de cargas frágeis ou instáveis. 

A esteira transportadora de paletes é de grande relevância para um processo ágil; o investimento retorna para a empresa em forma de melhorias como:

  • Armazenamento correto;
  • Acomodação perfeita;
  • Carga segura;
  • Entregas dentro do prazo.

Medidas do material a ser transportado em esteiras transportadoras de paletes

Largura e comprimento consideram três condições:

  1. Avanço reto;
  2. Comprimento de referência;
  3. Distância entre roletes.

A altura é o que vai garantir a estabilidade da carga sobre o palete. Quanto mais alto for o empilhamento em relação a sua base, mais o material a ser transportado ficará instável e o risco de tombar aumenta. 

Diante disso é preciso:

  • Diminuir a distância entre os roletes;
  • Cuidar para que aceleração e frenagem sejam amenas;
  • Em caso de declives ou aclives, é essencial verificar o centro de gravidade para evitar tombamentos.

O peso é outra medida que deve ser avaliada:

  • Distribua uniformemente as mercadorias para que não haja sobrecarga em apenas um rolete;

É comum ver esteiras trabalhando conjuntamente com outros métodos de automatização, como paletização ou despaletização. São processos realizados por robôs pré-programados. 

O método que usa roletes tradicionais é o mais indicado para a movimentação horizontal ou com empilhamento de paletes. 

Para driblar o tempo, somente com a ajuda da automatização.

É isso! Se quiser mais conteúdos relevantes como esse, se inscreva na nossa lista VIP logo abaixo.

Postado por: Haas Madeiras
Agência: Cento e Vinte

Entre em Contato