Floresta nativa e floresta plantada são soluções para evitar colapso

Floresta nativa e floresta plantada são soluções para evitar colapso

haasmadeiras - 13 de novembro de 2020

Floresta nativa e floresta plantada são soluções para evitar colapso

A importância da floresta nativa e floresta plantada para o futuro da humanidade vem sendo reforçada por pesquisadores diante do quadro dramático do meio-ambiente. Nem mesmo o agravamento das mudanças climáticas, com a maior ocorrência de eventos extremos, impede o crescimento do desmatamento.

No Brasil, nos últimos dois anos, a região da Amazônia legal viu o desmatamento voltar a crescer, bem como os focos de incêndio, fruto da ação de grileiros, mineradores e madeireiros ilegais e sucateamento dos órgãos de fiscalização e preservação.

Outros biomas no país também vêm sofrendo, com destaque para o Pantanal, que apenas em 2020 perdeu 10% de sua vegetação, o cerrado, que nos últimos 50 anos perdeu 50% da sua área, e a mata atlântica, que cresceu quase 30% no último ano.

Precisamos entender que a responsabilidade de preservação das matas e florestas é de todos, afinal, a consequência da degradação desses biomas também afeta cada um de nós. Se queremos que a raça humana prospere, é preciso mudar e agir agora.

 

Floresta nativa e floresta plantada: estamos perto de um colapso?

A Terra é um sistema vivo. Cada forma de vida que habita o nosso planeta cumpre um papel fundamental para que esse sistema funcione de forma equilibrada. O equilíbrio pode ser notado quando observamos a forma cíclica que impera no planeta.

No meio ambiente, nada é desperdiçado. Uma folha de árvore, quando cai no solo, é decomposta, devolvendo nutrientes para essa mesma terra que lhe forneceu as condições para que se desenvolvesse, por exemplo. Quando uma forma de vida morre, ela volta a ser vida de outras maneiras.

Esse sistema, contudo, conta com um equilíbrio frágil. Vale reforçar que nosso planeta já enfrentou cinco extinções em massa que quase dizimou a vida na Terra. 

Hoje, grupos de pesquisadores apontam que estamos vivenciando a sexta delas, que tem como causa a ação humana no planeta.

Anualmente, lançamos 37 bilhões de toneladas de gases estufa na atmosfera, produzimos mais de 2 bilhões de toneladas de lixo, 14 bilhões de toneladas de poluentes são lançados no oceano e perdemos 12 milhões de hectares de florestas tropicais.

A pesquisa publicada na revista Scientific Reports indica que, se a atitude não mudar, o fim da humanidade está mais próximo que imaginamos. 

Até mesmo as projeções mais otimistas apontam que há chances de 90% de um colapso irreversível em poucas décadas. Físicos do Reino Unido e do Chile preveem que a sociedade pode terminar dentro de 20 e 40 anos.

Não há escapatória: precisamos parar o desmatamento das florestas nativas agora. 

As florestas ajudam a regular o clima, são berçários da vida, protegem o solo da degradação e, com suas raízes, alimentam os aquíferos que dão origem às nascentes. Sem as florestas, a Terra seria mais parecida com Marte.

Para brecar o desmatamento e recuperar os biomas, ao mesmo tempo em que utilizamos a madeira, a solução vem por meio das florestas plantadas, que funcionam de maneira simbiótica nas áreas preservadas e garantem uma produção de madeira com menor impacto ambiental.

 

A responsabilidade é de todos: novos modelos de negócio e consumo

Apesar do quadro desanimador, não podemos deixar de exaltar que cada vez mais pessoas e empresas compreendem a necessidade de mudar. 

A economia verde, com novas formas de produzir, consumir e descartar, se impõe diante da realidade catastrófica.

Vale lembrar que os consumidores tem um grande poder em mãos. A demanda é capaz de regular a oferta bem como a forma das empresas agirem. 

Assim, optar por consumir de empresas ambientalmente responsáveis – não apenas no discurso, mas na prática – é uma forma de contribuir com o meio ambiente.

Embora o desmatamento dos biomas no Brasil tenha como principal objetivo a abertura de áreas para a exploração agrária, não podemos fechar os olhos para o mercado de madeira.

Você pode ajudar a floresta nativa e floresta plantada com uma atitude simples

 

Mesmo com as rígidas leis ambientais, ainda existem empresas que utilizam madeira ilegal.

Na hora de comprar móveis, paletes, entre outros produtos com madeira na matéria-prima, é fundamental procurar empresas que trabalhem com madeira regular e de florestas plantadas.

Ser sustentável é impulsionar a economia verde, valorizando empresas e iniciativas que cuidem do planeta enquanto produzem. Compre de empresas verdes, divulgue empresas verdes, crie empresas verdes.

O futuro da Terra é de responsabilidade de todos nós. Estamos caminhando para um planeta hostil, mas ainda podemos virar esse jogo! Que a pandemia de Covid-19 sirva de alerta e traga transformações reais. Que o novo normal seja verde e sustentável.

Vamos juntos fazer outro futuro possível e garantir que a raça humana prospere por muitas décadas!

Continue acompanhando nosso blog para ter acesso a outros conteúdos como esse e siga a Haas Paletes na página do Facebook para ficar por dentro de todas as nossas novidades!

Até a próxima!

 

Postado por Haas Madeiras

Entre em Contato