Ciclo do palete, vida útil e cuidados essenciais com o produto

Ciclo do palete, vida útil e cuidados essenciais com o produto

haasmadeiras - 11 de setembro de 2020

Ciclo do palete, vida útil e cuidados essenciais com o produto

Ciclo do palete, vida útil e cuidados essenciais com o produto

Os paletes podem ser produzidos de diferentes materiais e cada um serve para diversos tipos de demanda e necessidades. Mas para que o ciclo de vida do palete seja maior, independente da matéria-prima, é preciso tomar cuidados especiais.

Quando lidamos com a logística de indústrias, logo pensamos nos paletes, afinal eles são fundamentais nesses processos, pois a maior parte de toda a movimentação é paletizada. 

O ciclo de vida do palete de madeira está ligado diretamente a forma como lidamos com ele (embora ela seja longa, o tornando um dos paletes mais comercializados no Brasil).

Ainda assim, é importante tomar alguns cuidados na utilização e garantir que sua logística conte com produtos de qualidade e seguros. Descubra agora como prolongar o ciclo de vida do palete para economizar e otimizar seus serviços!

 

O ciclo de vida do palete: 3 fatores de impacto

É fato que o que mais implica no desgaste do palete, diminuindo a sua vida útil, é o mau uso. Para evitar essas atitudes, veja esses três fatores que afetam a longevidade do produto.

1 – Excesso de peso

Um exemplo clássico de mau uso é atribuído aos paletes que são produzidos para a armazenagem de uma carga menor e acabam sendo utilizados para transporte de mercadorias com cargas acima do esperado. 

 

2 – Uso para fins inadequados

Os paletes destinados ao armazenamento de produtos perecíveis possuem uma chance maior de apodrecer a madeira em uma velocidade mais rápida.

 

3 – Longas distâncias

Se o palete percorrer um pequeno trajeto no seu deslocamento de transporte de cargas, os desgastes obtidos por conta do mau uso serão pequenos. Mas se a distância do trajeto for longa, esse tempo maior de uso inadequado vai causar danos mais graves. 

Conservar para durar. Esse é o segredo. Haas-Madeiras-ciclo-do-palete

A conservação é um dos principais aspectos a serem considerados, já que existe sim a possibilidade de uma duração muito maior caso o palete seja bem cuidado. 

Há casos, inclusive, de mais de 10 anos utilizando o mesmo palete; em outros casos, o material dura menos que 6 meses. Ambos confeccionados dos mesmos materiais, a diferença do ciclo do palete foi a conservação.

Para as empresas que fabricam os paletes, não é estranho receber diversos deles para realizar manutenções e restaurações de peças quebradas e com pequenas avarias. Falando no assunto…

 

Como manter o ciclo de vida do palete mais longo?

A resposta para essa questão é simples: manutenção! 

A grande questão é: sempre que uma empresa adquirir os paletes de madeira para auxiliar nas demandas logísticas, é importante calcular os custos dessas manutenções e não somente do produto em si. 

No entanto, a madeira possui uma boa vantagem em relação às outras matérias-primas: ela pode passar por manutenções sem que se perca o palete por completo, como pode acontecer em outros casos de paletes produzidos de materiais diversos. 

 

6 dicas fundamentais para a rotina com paletes

1 – Tenha o controle da localização dos paletes 

Não controlar o percurso deste palete pode corroborar para que eles sejam perdidos, quebrados ou até mesmo desviados.

 

2 – Empilhando por meio da paletização

A paletização, com certeza, colabora para uma maior e melhor organização dos estoques. 

Esteja atento ao adequar a largura do garfo da empilhadeira à largura do palete. É essencial posicionar a carga corretamente sobre o garfo da máquina, para que não ocorra avarias nas cargas e danificação estrutural nas peças.

Todo esse processo evitará o armazenamento inadequado dos paletes, já que eles foram projetados para otimizar seus estoques. Essa maneira é uma das mais seguras e eficientes para seu uso e conservação.

 

3 – Paletes reciclados terão sua durabilidade diminuída

Passá-los pelo processo de restauração é uma maneira de aumentar sua duração, mas é preciso compreender que todo palete de madeira reparado não terá mais a mesma durabilidade do que um novo. 

 

4 – Paletes tratados termicamente podem ter uma longevidade maior

Toda madeira que passa por esse tratamento poderá durar mais devido à proteção contra possíveis deteriorações. As madeiras não aquecidas são a preferência de insetos, bactérias e larvas; por isso, os danos podem acontecer mais rapidamente. 

 

5 – Três anos é, em média, a duração do ciclo de vida do palete

Esse tempo é calculado de acordo com alguns reparos, que deverão ser realizados neste período de tempo. 

Isso não quer dizer que após esses três anos eles deverão ser descartados, mas é necessário que haja uma atenção ainda maior. Em qualquer sinal de dano, deverão ser logo reparados para evitar acidentes ou prejuízos ainda maiores. 

 

6 – Consciência ambiental

Todos os fabricantes de paletes de madeira devem buscar aprimorar seus sistemas para produtos mais ecológicos. Isso pode ocorrer através da reciclagem de paletes que já não estão aptos para o uso. 

É fundamental que as empresas se preocupem mais sobre como tratar esses materiais, para que a preservação do meio ambiente seja parte importante desse processo de utilização e longevidade dos paletes de madeira.

E então, já passou ou ainda está passando por algum problema com seus paletes de madeira? Nos diga nos comentários abaixo.

Para ficar por dentro de outras dicas importantes e gratuitas sobre paletes, se inscreva na nossa newsletter.

Até a próxima!

 

Postado por Haas Madeiras

Entre em Contato