Como escolher o melhor palete: 4 características que você precisa ver

Como escolher o melhor palete: 4 características que você precisa ver

haasmadeiras - 9 de novembro de 2020

Como escolher o melhor palete: 4 características que você precisa ver

Saber como escolher o melhor palete é fundamental para as empresas que utilizam esse produto na organização do estoque. Paletes inadequados aumentam os custos, dificultam a logística e podem gerar prejuízos com a perda de produtos. 

Utilizados inicialmente pelo exército norte-americano durante a Segunda Guerra Mundial para ajudar no transporte, manuseio, armazenagem e suporte de cargas, os paletes foram incorporados pela indústria trazendo ganhos logísticos consideráveis.

Para que a solução faça a diferença, é fundamental que o palete seja de qualidade. 

Os paletes devem ser capazes de suportar as cargas e o uso de equipamentos de transporte, como empilhadeiras, por exemplo. Além disso, suas medidas precisam ser padronizadas para formar unidades coesas.

Para ajudar você a descobrir como escolher o melhor palete para a sua empresa, preparamos esse artigo com dicas essenciais para sua tomada de decisão. Confira a seguir!

 

Como escolher o melhor palete para o meu negócio?

1 – Entenda as suas necessidades

Hoje, existem paletes no mercado produzidos em diferentes modelos e materiais. Além da madeira, o plástico também surge como matéria-prima disponível em sua fabricação.

Antes de tomar sua decisão, é muito importante compreender quais são as necessidades e características do seu modelo de negócio, considerando questões como:

  • Qual o peso da carga?
  • Como será feita a estocagem?
  • Quais os tipos de embalagem dos produtos?

O palete de madeira é o mais utilizado e costuma ser o mais indicado para a maioria das empresas, apresentando alta resistência e durabilidade, além de ser sustentável. O palete de plástico costuma ser menos resistente e não pode ser consertado.

Neste outro artigo te mostramos, com respaldo de um estudo, como o palete de madeira é melhor que o de plástico.

 

Como escolher o melhor palete: outras opções

Para mercadorias que serão entregues diretamente ao consumidor final, ainda existe a opção de paletes descartáveis ou retornáveis.

O peso dos produtos que serão acondicionados no palete é o principal fator a considerar. Para cargas altas, a madeira é mais indicada por sua resistência e capacidade de carga que pode chegar a 3.000 Kg ou mais.

Quanto à estocagem, considere como será realizado o transporte, se manualmente ou com o uso de empilhadeiras. 

Para o transporte manual, é preciso escolher soluções que não apresentam riscos à mão de obra. Já no uso de empilhadeiras, é preciso considerar a medida dos garfos.

Por fim, embalagens frágeis, como sacos, pedem o uso de paletes que não soltam farpas ou contam com quinas capazes de provocar rasgos e perda do produto. Os de madeira abaulada são uma boa opção nesse caso.

 

2 – Compre direto dos fabricantes

Como forma de garantir o reuso e aproveitamento por diferentes empresas, os paletes contam com regras de padronização que devem ser seguidas rigorosamente. 

No Brasil contamos com o Palete PBR, modelo lançado na década de 1990 por iniciativa da Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS) com o objetivo de aprimorar o setor logístico do país.

Para garantir que sua empresa está adquirindo um produto legalizado, dentro dos padrões de qualidade e que não seja fruto de roubo – infelizmente ocorrência ainda comum – a dica é comprar diretamente dos fabricantes.

Dessa forma você não apenas garante um palete de qualidade como conta com toda a segurança de um produto legalizado.

 

3 – Verificar a procedência da madeira

Embora a maior parte do desmatamento no país ocorra motivado pela agropecuária, não podemos fechar os olhos para os madeireiros ilegais, que invadem florestas nativas e áreas de preservação para extrair madeira – muitas delas de lei e de espécies ameaçadas de extinção – para serem vendidas no mercado paralelo.

Vivemos um momento chave para o futuro do planeta. A degradação do meio ambiente vem atingindo níveis alarmantes e colocando em xeque nossa sobrevivência enquanto espécie já nas próximas décadas.

Verificar a procedência da madeira de seu fornecedor de paletes, garantindo que seja produzido com madeira certificada oriunda de florestas plantadas e regularizadas, é fundamental nesse contexto. Ser sustentável é questão de sobrevivência.

 

4 – Prefira Paletes PBR

No início da década de 1990, a ABRAS investiu no desenvolvimento de um palete que fosse intercambiável com objetivo de ajudar no armazenamento, transporte e movimentação de produtos com maior segurança e produtividade. Nasceu, assim, o Palete Padrão Brasileiro.

Tendo como princípio a aplicação universal e a intercambialidade, o produto gerou ganhos logísticos relevantes e passou a ser adotado não apenas por supermercados, mas por empresas de outros setores da economia também.

A versão 2019 está mais sustentável, utilizando 30% menos de madeira em sua composição em relação à versão anterior, leve (fácil de movimentar e ergonômico) e eficiente, o Palete PBR apresenta grande qualidade e durabilidade, além de contribuir na prevenção de perdas de produtos.

Saber como escolher o melhor palete é muito importante para obter os melhores resultados logísticos em seu negócio. 

Na hora de fazer a aquisição do produto, fique atento e siga as nossas dicas!

Para ter acesso a mais conteúdos sobre como escolher o melhor palete, dicas de logística, armazenamento e outras informações relevantes para sua empresa, continue acompanhando nosso blog.

Ah, claro, nos siga na página do Facebook para não perder nossos conteúdos exclusivo das redes sociais (tem muita coisa interessante por lá). 

Até a próxima!

 

Postado por Haas Madeiras

Entre em Contato